quinta-feira, 31 de maio de 2012

Não tenhas medo, confia no Senhor


Frei Josué
Foto: WesleyAlmeida/Cancaonova.com
Deus enviou São Paulo a Corinto, a um povo cheio de pecado e excessos. Um povo que é tão bom, mas que se deixa contaminar pela sujeira do pecado. E estando no meio dessa gente, o apóstolo dos gentios busca abrigo em uma família: a casa de Áquila e Priscila. Porque Deus quer salvar o Seu povo, que está perdido, a começar das famílias.
Como afirma o beato João Paulo II: “A salvação da humanidade passa pela família”.
A leitura começa assim: “Jesus aparece para São Paulo em uma noite, e diz: “Não tenhas medo; continua a falar e não te cales, porque eu estou contigo.”
Quando estamos desanimados, passando por uma noite escura, Deus aparece para cada um de nós e nos diz: Não tenhas medo! O medo nos paralisa; esse sentimento é o contrário da fé. Quem tem muito medo tem pouca fé. Se você não quiser ser vencido por esse sentimento, então deverá cultivar a fé.
O Senhor quer dizer a mim e a você o que Ele disse a São Paulo: “Não tenha medo, tenha fé, continua a falar e não te cales, porque Eu estou contigo!”

 

"Precisamos ter fé, acreditar e lutar pela salvação de nossa casa", afirma Frei Josué
Foto: WesleyAlmeida/Cancaonova.com
Saiba que muito mais interessado na salvação da nossa família está o Senhor Jesus! Precisamos ter fé, acreditar e lutar pela salvação de nossa casa.
O Senhor quis e quer que participemos da salvação de nossa família. Ele quer contar conosco e, para isso, Ele pede a nossa adesão, nossa fé, a nossa perseverança e fidelidade, para sermos colaboradores d'Ele.
Não tenha medo, acredite no poder de Deus, no poder da oração! Confie no Senhor e reze mais! Não desanime!
No Evangelho Jesus nos diz: “Em verdade, em verdade vos digo: Vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria.”
Realmente este acampamento quer ser um grito de esperança para vocês! O Senhor sabe os seus medos e tudo o que você tem passado, o Senhor sabe de suas lágrimas, Ele as tem recolhido e as colocado nos odres da Virgem Maria. O Senhor nos promete que, após a tristeza, chegará a alegria. E essa alegria Deus quer lhe dar neste fim de semana. Deus Pai tem dias de alegria para você que tem enfrentado perdas e sofrimento; e essa graça virá pelas mãos da Virgem Maria!
Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!
 Transcrição e Adaptação: Mariana Lazarina Gabriel
Frei Josué Pereira de Sousa
Ordem dos Frades menores conventuais da Província de Brasília, ministeriado em Cura e Libertação.
 Para aqueles que Estão fazendo a Novena da Anunciação de Nossa Senhora: Clik Aqui: Esse Convite é para você!

 Por favor ! Você que abriu esta página, assine esta petição e defenda a nossa Santa igreja:

Vamos rezar? 

  
Vamos cantar?
  








  

 “Como me é dado que venha a mim a mãe do meu Senhor?”  
(Lc 1, 43).
Em particular hoje, com a liturgia, detemo-nos a meditar sobre o mistério da Visitação da Virgem a Santa Isabel. Maria, trazendo no seio Jesus recém-concebido, vai visitar a prima Isabel. É uma jovem, mas não tem medo, porque Deus está com Ela, dentro d'Ela. De certo modo, podemos dizer que a sua viagem foi a primeira "procissão eucarística" da História.
        Maria, Tabernáculo vivo de Deus que se fez carne, é a Arca da Aliança, em que o Senhor visitou e redimiu o seu povo. A presença de Jesus enche-A do Espírito Santo. Quando entra na casa de Isabel, a sua saudação é transbordante de graça: João estremece no seio da mãe, como se tivesse sentido a vinda d'Aquele que no futuro ele deverá anunciar a Israel. Os filhos exultam, as mães regozijam-se. Este encontro, impregnado da alegria do Espírito, encontra a sua expressão no cântico do Magnificat.
        Não é, porventura, também esta a alegria da Igreja, que acolhe incessantemente Cristo na sagrada Eucaristia e O leva ao mundo com o testemunho da caridade concreta, imbuída de fé e de esperança? (Bento XVI, Saudação no final do Rosário recitado na Gruta de Lourdes, nos jardins do Vaticano, 31/5/2005)

quarta-feira, 30 de maio de 2012

A graça de reinflamar os carismas

Padre Edimilson Lopes
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com
Convido você a acompanhar comigo esta leitura que está em II Timóteo 1,1-7: "Paulo, apóstolo do Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que há no Cristo Jesus, a Timóteo, meu querido filho: graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e do Cristo Jesus, nosso Senhor! Dou graças a Deus — a quem sirvo com a consciência pura como aprendi de meus pais —, quando sem cessar, noite e dia, faço menção de ti em minhas orações.Lembrando-me de tuas lágrimas, sinto grande desejo de rever-te e, assim, encher-me de alegria. Recordo-me também da fé sincera que há em ti, fé que habitou, primeiro, em tua avó Loide e em tua mãe Eunice, e que certamente habita também em ti. Por isso, quero exortar-te a reavivar o carisma que Deus te concedeu pela imposição de minhas mãos. Pois Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de força, de amor e de moderação."
Monsenhor Jonas Abib, no ano de 1985, viajou o Brasil inteiro pregando a Palavra de Deus, o batismo no Espírito Santo. Ainda nos dias de hoje é preciso se utilizar de todos os meios para conservar esta chama acesa.
Os pregadores já falaram sobre o que Deus está fazendo e irá fazer neste tempo em Sua Igreja; e isso nos compromete. Por isso não dá mais para voltar. Agora é hora de você se alistar neste poderoso exército de Deus dos últimos tempos.
Deus não nos deu um espírito de timidez, de vergonha, de medo. Ao contário, o Altíssimo nos deu um espírito de ousadia e destemor. Por esse motivo, a Igreja, junto com o Papa Bento XVII, conta com você neste tempo da história. Nós estamos caminhando para tempos difíceis, razão pela qual nós, Igreja, precisamos clamar aos céus: Maranatha!, Vem, Senhor Jesus! Esse precisa ser o nosso clamor, precisamos apressar a vinda do Senhor.
A Igreja está passando por um tempo de perseguição e a nossa oração tem a força e a eficácia de Deus para vencer as coisas deste mundo.

"Só é possível haver mudança a partir da graça do batismo do Espírito Santo!", afirma padre Edimilson
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com
Precisamos viver diariamente este Pentecostes. Não tenha medo de deixar fluir o Espírito Santo em seu coração. Portanto, nada mais de timidez, onde você estiver, você precisa fazer acontecer esta graça. Ou somos carismáticos ou falimos em nossa missão!
Nós não podemos ser aqueles carismáticos que oram de vez em quando em línguas e se sentem os bambambãs.
Precisamos ser ousados e ter a coragem de proclamar o poder de Deus às nações! Não tenha medo de levar as pessoas ao batismo do Espírito Santo!
Não negligencie a graça do Espírito Santo que está em você.
Só é possível haver mudança a partir da graça do batismo do Espírito Santo!

Reinflama o carisma de Deus que está em seu interior! Deixe o Senhor acender a chama que está em seu coração e não se apagou! No livro "Reinflama o Carisma", de Monsenhor Jonas Abib, ele afirma: “Estamos vivendo o tempo do Espírito Santo e do testemunho, a Igreja conta com você. Você precisa ser um homem e uma mulher carismático”. O nosso ser carismático está vinculado a uma vida de santidade, a um comprometimento com Deus diariamente, 24 horas por dia.


"O nosso ser carismático está vinculado a uma vida de santidade", ressalta padre Edimilson
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com
Ser carismático não é apenas orar em línguas não! Vai muito além. Veja o que São Paulo disse na Segunda Carta aos Coríntios, capítulo 14:1-5, 13-16 “Empenhai-vos pelo amor e aspirai aos dons do Espírito, principalmente à profecia. Pois aquele que fala em línguas não fala aos homens, mas a Deus; ninguém o entende, pois ele fala, em êxtase espiritual, coisas misteriosas. Mas aquele que profetiza fala aos homens, edificando, exortando, confortando. Aquele que fala em línguas edifica a si mesmo, porém o que profetiza edifica a Igreja. Desejo que vós todos faleis em línguas; desejo ainda mais: que todos profetizeis. O que profetiza é maior do que aquele que fala em línguas, a menos que este também interprete e, assim, edifique a Igreja. Por isso, quem fala em línguas ore para poder interpretar. Pois, se eu oro em línguas, é o meu espírito que faz oração, mas a minha mente não participa. Então, o que concluir? Vou orar com meu espírito, e orar também com minha mente; cantarei com meu espírito e cantarei também com minha mente”.
Infelizmente, não é tão comum a profecia em nossos grupos de oração. A oração em línguas é para a sua edificação pessoal. Não tenha medo de deixar que o Espírito Santo o edifique. Aceite esta ação de Deus em sua vida! Não omita a graça que você recebeu do Todo-poderoso, não frustre os desígnios de Deus Pai a seu respeito!
O tempo de Deus é agora! Abra-se à ação do Espírito Santo! Não se contente com o que você já recebeu. Queira mais essa graça, peça-a e se abra sempre mais e mais à ação do Espírito Santo em sua vida!

Transcrição e adaptação: Mariana Lazarin Gabriel
Padre Edimilson Lopes
Padre da Comunidade Canção Nova
 Para aqueles que Estão fazendo a Novena da Anunciação de Nossa Senhora: Clik Aqui: Esse Convite é para você!

 Por favor ! Você que abriu esta página, assine esta petição e defenda a nossa Santa igreja:

Vamos rezar? 
  
Vamos cantar?
 Beato João Paulo II, sabemos que estás do ladinho de Jesus, toma nossas causas em suas Mãos e leve-as a Jesus!!!!

terça-feira, 29 de maio de 2012

Ser Igreja, é ser um com o outro!

Deus quer que sejamos santos, é por isso que Ele derrama sobre nós o Seu Espírito Santo.
Façamos o compromisso de santidade com o Senhor. Experimentemos a efusão do Espírito para que vivamos o projeto de santidade que Ele quer fazer conosco. O Pentecostes não são só carismas, mas é força, instrumento da graça de Deus para fazer de nós homens e mulheres santos, selados pela pertença do Senhor. Somos Sua herança.
Existia medo no Sinai. No entanto, em Pentecostes não há medo, mas sim coragem e ousadia.
"Experimentemos a efusão do Espírito para vivermos a santidade", destaca o padre.
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com
O autor sagrado quer evidenciar a diferença das "línguas” na construção da Torre de Babel, em Gênesis 11, com a efusão do Espírito, em Atos dos Apóstolos 2. Em Gênesis, existe uma confusão, pois eles queriam, com suas próprias forças, chegar ao céu, mas, por causa do seu orgulho e vaidade, do desejo de estar acima de tudo, ocorreu a confusão, visto que eles falavam a mesma língua. Diferente disso acontece em Atos 2, no qual havia povos de diferentes línguas e nações, mas eles passaram a compreender aquilo que os apóstolos diziam.
A Torre de Babel era um projeto contrário à vontade de Deus; não o Pentecostes. Precisamos pedir, portanto, o dom da humildade para que possamos fazer uma experiência profunda com a manifestação do Espírito. Que Ele venha atualizar em nós o dom da obediência. Todas as vezes que buscamos as coisas para o nosso próprio benefício, experimentamos a confusão e a destruição. Não queiramos nos aproximar de Deus para evidenciar a nós mesmos. 
Sejamos, portanto, submissos e nos deixemos conduzir pelo Senhor. Uma obra de Deus pode ser destruída pelas opções erradas que nós mesmos tomamos. Não podemos nos sentir “donos” do Espírito. Precisamos ter cuidado e permitir que Deus seja Deus e faça uma obra verdadeira em nossas vidas. Escutemos Sua voz e caminhemos no Espírito, mas não na carne.
A Igreja é a nova "antibabel", na qual, mesmo havendo diferentes pastorais e movimentos, estamos unidos, pois o orgulho é obra do diabo na humanidade. Se nos achamos melhores do que os outros, minamos os sonhos de Deus para nós. Quando nos colocamos no centro do mundo, achamos que nós somos o céu e o outro o inferno. Não caminhemos no orgulho espiritual; deixemos o Pentecostes acontecer em nossas vidas. Se a unidade não ocorrer em nossa Igreja, estaremos julgando o outro como causador dos problemas.
Não precisamos invejar uns aos outros, somos um pelo poder do Espírito de Deus e nos tornamos portadores do dom que o outro possui. Temos, em plenitude, os dons e a graça do Espírito. Somos um corpo e pertencemos ao Corpo de Cristo. Ninguém é melhor do que ninguém.
"O Pentecostes tem a capacidade de transformar confusão em comunhão."
(Papa Bento XVI)

Transcrição e Adaptação: Luana Oliveira
Meus amados! De fato, seria imensamente bom que cada Cristão pudesse ver nas palavras do Padre Roger, a boca de Jesus! Infelizmente, muitos ainda não descobriram que na igreja somos um por todos, e todos por um. Rezemos pela unidade da igreja, busquemos esta unidade, façamos esta unidade acontecer...Rezemos e clamemos a Misericordia de Jesus para que possamos acordar, enquanto ainda há tempo...
 Para aqueles que Estão fazendo a Novena da Anunciação de Nossa Senhora: Clik Aqui: Esse Convite é para você!

 Por favor ! Você que abriu esta página, assine esta petição e defenda a nossa Santa igreja:

Vamos rezar? 
    
Vamos cantar?


  

Meu amado beato suplicai por nossa conversão!